Qual a melhor época para viajar para Itália ?
Publicado por Itália Viagem   |   29 Janeiro, 2017

Por mais que a resposta tentadora seja: “qualquer estação é perfeita para conhecer a Itália”, optar por baixa ou alta temporada,  por clima quente ou frio,  são dúvidas que surgem na hora de escolher um roteiro para Itália. Sugerimos então algumas dicas baseadas no fluxo de turistas, valores de hospedagem e clima de acordo com tal estação do ano.  

Época melhor para conhecer a Itália

Maio (auge da Primavera) – Setembro (final do Verão) – Outubro (início do Outono)

Estes são os períodos mais procurados pelos turistas, principalmente devido ao clima agradável. Em maio os dias se tornam mais radiantes, ensolarados e com menos chuva, com temperaturas médias de 20°.  Em setembro o verão vai chegando ao fim e em meados do mês os dias passam a ter temperaturas mais agradáveis, em média de 20º à 22º, as precipitações tornam-se escassas.

As colinas da Toscana na primavera

A sutileza das colinas da Toscana na primavera

As paisagens ficam ainda mais exuberantes nestas épocas. Na primavera os prados, as árvores e os bosques se enchem de flores. Já em setembro as árvores  tornam-se repletas de frutas, prontas para a colheita, em especial as parreiras de uvas e macieiras.

As cores da Costa Amalfitana no verão

A graça das cores na Costa Amalfitana no final do verão

Por sua vez, no final de setembro e início de outubro estes mesmos campos e bosques ganham tons de vermelho, amarelo e marrom.

Os coloridos bosques Alpinos no início de outubro

Os coloridos bosques Alpinos no outono

As cidades de arte como Roma, Firenze, Veneza, Verona e Milão ficam agitadas com a visita de turistas estrangeiros e italianos, assim como as principais localidades turísticas da Itália, como por exemplo a  Costa Amalfitana e o interior da Toscana. Por conta disso, a disponibilidade em hotéis torna-se escassa e as diárias podem custar até o dobro em relação à baixa temporada. Em circunstância pode ser vantajoso viajar através de roteiros organizados por operadoras de turismo para Itália, pois as mesmas conseguem tarifas preferenciais por meio de reservas em pacotes (allotment).

Julho e Agosto (alto Verão)

O período entre final de junho e início de setembro corresponde ao auge do verão europeu. É o período de férias escolares na Itália e em grande parte dos países europeus, o mês de agosto equivale às férias de verão no Brasil, onde a grande maioria foge para as praias e montanhas, e por lá não é diferente. A Itália tem um vasto litoral, repleto de recantos maravilhosos, com muito agito e que ficam sobrelotados nesse período. Os hotéis dos destinos mais concorridos do litoral tendem a preferir reservas de no mínimo três dias e feitos com muita antecedência.

O litoral italiano no verão

O litoral italiano no verão

Já nas cidades de arte, o alto verão é considerado média temporada, afinal a maioria das pessoas se deslocaram para a praia. Com isso, os valores para hospedagem diminuem, porém, com temperaturas beirando à 40 graus, enfrentar filas em museus ou explorar ruínas pode não ser tão convidativo. Portanto se sua intenção é explorar cidades de arte ao invés de passar duas semanas em regiões litorâneas, os meses de julho e agosto não são os mais indicados para sua viagem pois as temperaturas nas cidades podem chegar entre 35º à 40º.

A cidade de Napoli durante o tórrido verão i

Nápoli em um típico dia de calor estarrecedor no verão

Dezembro, Janeiro e Fevereiro (Inverno)

Exceto nos períodos de festas de Natal e Réveillon, quando as escolas italianas têm férias de 15 dias e o turismo interno se intensifica, o inverno é considerado baixa temporada para as cidades litorâneas e de arte. O número de turistas cai vertiginosamente, assim como os preços de hospedagem.

As temperaturas de inverno são bem baixas em comparação ao nosso “inverno tropical brasileiro”. O inverno italiano pode chegar a 0° graus, mas a média é de 8° (máximas de 13° e 14° e mínimas de 2 e -3°), exceto nas regiões montanhosas, que são bem mais frias. Entretanto, nos hotéis, restaurantes, lojas e museus há calefação e o frio verdadeiro ocorre apenas nos ambientes externos. São também meses de poucas precipitações. Os dias são mais “curtos”, pois anoitece mais cedo que nas outras estações.

Veneza durante o inverno

Veneza durante o inverno

As árvores secam e perdem suas folhas. Um passeio no interior da Toscana ou em qualquer local litorâneo (Cinque Terre, Costa Amalfitana) não terá o mesmo impacto que nas outras estações. Contudo janeiro e fevereiro são meses excelentes para conhecer os  vilarejos e montanhas nos Alpes e Apeninos, a neve chega a acumular um metro de altura, tornando a paisagem deslumbrante e atípica para grande parte dos brasileiros. As estações de esqui  ficam lotadas e agitadas, especialmente aos finais de semana. Para estas localidades, o inverno é alta temporada. As reservas precisam ser feitas com antecedência e os hotéis dão preferência à pacotes de no mínimo três noites.

As montanhas do Alpes no inverno

As montanhas do Alpes no inverno

Março e Abril (início da Primavera), Novembro e segunda quinzena de Outubro (Outono)

Os meses de março, abril e novembro (exceto durante as festividades de Páscoa e Finados), são considerados de baixa temporada. O fluxo de turistas é reduzido, assim como os valores dos hotéis. As temperaturas são frescas, porém não tão extremas como no inverno, com médias entre 10 e 15 graus, mas são meses de precipitações mais abundantes e de dias menos ensolarados.

Um típico dia outonal em Roma

Um típico dia outonal em Roma

Vale ressaltar que em várias cidades da Itália são organizadas feiras e congressos de variados interesses durante todo o ano. Por exemplo: Feira do móvel de Milão ( abril), Feira do vinho em Verona (abril) , Feira da Moda Pitti em Firenze (junho), etc. Após a escolha do período e cidades a serem visitadas  é interessante pesquisar por possíveis feiras que coincidam com as datas e locais do seu roteiro para Itália.

Pensando em você, a Itália Viagem possui pacotes para Itália  que priorizam as melhores épocas, seja por conta do clima agradável e melhores paisagens como também considerando o custo-benefício  nas cidades de arte e nos destinos mais turísticos.

Nosso pacote “Primavera na Toscana ” (Maio) aproveita todo o encanto do início da primavera italiana, com dias ensolarados e temperaturas amenas, em meio à uma paisagem exuberante.  O roteiro de viagem “Viver a Itália” (Setembro), explora o potencial vibrante do verão, porém com o clima mais ameno, confortável para os inúmeros passeios.

Em resumo:  

Dezembro, Janeiro e Fevereiro (Inverno)

  • Poucos turistas                                              
  • Paisagens exaltadas: cadeias de montanhas
  • Preços baixos      
  • Dias mais curtos e frios e temperaturas entre 5° e 10°    
  • Paisagens comprometidas: interior da Toscana e regiões litorâneas

Maio (Primavera), Setembro (final do Verão) e começo de Outubro (início do Outono)

  • Bastante turistas                  
  • Paisagens deslumbrantes
  • Preços mais altos                 
  • Dias menos chuvosos e temperaturas agradáveis  de 20°

Outubro (segunda quinzena), Novembro (Outono), Março e  Abril (início da Primavera)

  • Poucos turistas
  • Preços mais baixos
  • Tendência à mais precipitações e temperatura média  entre 10° e 15°
  • Paisagens comprometidas: regiões litorâneas, montanhas,

Julho e Agosto (Verão)

  • Bastante turistas
  • Paisagens exaltadas: litoral e montanhas
  • Média temporada com preços médio
  • Dias ensolarados mas temperaturas altas de até 35°

E você ? Em qual época gostaria de conhecer a Itália ? Deixe sua opinião aqui no nosso blog.

 

4 comentários a “Qual a melhor época para viajar para Itália ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *